Biblioteca

Início >> Biblioteca

A BIBLIOTECA

As Bibliotecas da Faculdade Sumaré possuem acervos atualizados e adequados aos projetos pedagógicos. Seus ambientes são modernos, com espaços personalizados para pesquisas individuais e em grupos, totalmente informatizados e planejados minuciosamente com a utilização de tecnologia para facilitar o acesso e a pesquisa.

O objetivo das Bibliotecas é dar suporte às pesquisas solicitadas pela comunidade acadêmica nos diversos cursos ministrados pela Instituição, fornecendo informações precisas, atuais e em tempo hábil.

 

Missão

Disseminar a informação de forma democrática, disponibilizando seu conteúdo e fontes de conhecimento para a comunidade acadêmica e para a sociedade.

 

Visão

Tornar-se biblioteca de referência no meio acadêmico, facilitando o acesso ao conhecimento por meio do uso da tecnologia.

 

Valores

- Informação acessível e atualizada;

- Utilização do capital intelectual humano para fornecer conhecimento ao aluno;

- Respeito e ética com o usuário;

- Compromisso social;

- Estímulo à diversidade;

- Trabalho em equipe.

 

Equipe de Bibliotecários

Julia Cristina ferreira

E-mail: julia.ferreira@sumare.edu.br

Renata Lopes Mariano dos Santos

E-mail: renata.santos@sumare.edu.br

SERVIÇOS PRESTADOS

Visita Monitorada

No início de cada ano letivo as Bibliotecas, juntamente com os coordenadores e docentes, agendam visitas monitoradas, onde são apresentados os recursos de pesquisa e os serviços prestados. As visitas devem ser agendadas pelo telefone ou e-mail.

Empréstimo Domiciliar

Nas Bibliotecas da Faculdade Sumaré você pode retirar obras do acervo e levar emprestado para sua casa. O serviço de empréstimo domiciliar só pode ser feito por alunos da graduação e pós-graduação, colaboradores, coordenadores e docentes.

Empréstimo entre Bibliotecas

As Bibliotecas da Faculdade Sumaré mantêm intercâmbio de empréstimos com Bibliotecas de outras Instituições Particulares de Ensino. Para emprestar livros de outras Instituições, o usuário deve fazer pesquisa da obra desejada no site da Biblioteca parceira anotar todos os dados da obra e comparecer em uma de nossas unidades para solicitar o EEB.

Ficha Catalográfica

A Ficha Catalográfica é um item obrigatório na apresentação de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), Teses e Dissertações. A Biblioteca oferece o serviço de elaboração da ficha gratuitamente aos seus alunos, de acordo com o Código de Catalogação Anglo-Americano (AACR2). O aluno deve solicitar a Ficha Catalográfica por e-mail a um de nossos bibliotecários. A resposta com a ficha será fornecida num prazo de 72 (setenta e duas) horas. Este prazo pode ser prorrogado se houver muitas solicitações.

Orientação de Normas da ABNT

Alunos da Instituição podem solicitar orientações das Normas da ABNT. Além do Manual com as normas do Trabalho Científico, disponível gratuitamente, o aluno pode agendar visita para receber orientações com o Bibliotecário.

Normalização de Trabalhos Acadêmicos

Alunos da Instituição podem solicitar a normalização de Trabalhos Acadêmicos segundo as Normas da ABNT.

Levantamento Bibliográfico

Os alunos com projeto de pesquisa e/ou monografia em andamento, podem solicitar um Levantamento Bibliográfico inicial para a fundamentação teórico-empírica de sua pesquisa.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Unidade Belém

2ª a 6ª, das 17h às 22h;

Sábado, das 8h30 às 14h.

Unidade Bom Retiro

2ª a 6ª, das 16h30 às 22h;

Sábado, das 8h às 14h.

Unidade Imirim

2ª a 6ª, 17h às 22h;

Sábado, das 8h às 14h15.

Unidade Santana

2ª a 6ª, das 17h às 22h;

Sábado, das 9h às 13h.

Unidade Santo Amaro

2ª a 6ª, das 7h30 às 22h;

Sábado, das 8h30 às 14h.

Unidade São Mateus

2ª a 5ª, das 16h30 às 22h;

6ª, das 16h30 às 21h;

Sábado, das 8h30 às 13h30.

Unidade Sumaré - (SEDE)

2ª a 6ª, das 7h às 22h;

Sábado, das 8h às 14h.

Unidade Tatuapé I

2ª a 6ª, das 17h às 22h;

Sábado, das 8h às 14h.

Unidade Tatuapé II

2ª a 6ª, das 17h às 22h;

Sábado, das 8h às 14h.

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO

As Bibliotecas da Faculdade Sumaré têm como objetivo dar suporte as pesquisas solicitadas pelos seus alunos e corpo docente, nos diversos cursos administrados pela Instituição, fornecem informações precisas, atuais e com rapidez adequada às suas necessidades. Portanto, é preciso sempre detectar quais são os interesses, desejos, necessidades e demandas dos usuários para orientar e oferecer serviços que devem ser processados e disseminados.

A Faculdade sugerirá, aos seus usuários materiais e serviços adequados para o seu desenvolvimento e aperfeiçoamento. Para tanto, os alunos com orientação do corpo docente, entrarão em contato com as obras representativas, de cada área do conhecimento, incutindo a consciência da necessidade de permanente atualização em consequência da dinâmica e da alta competitividade atual do mercado de trabalho. A implantação das políticas de seleção e aquisição é elaborada como forma de planejamento e busca de manutenção da qualidade do acervo.

Política de Seleção

É essencial que estabeleça uma política de seleção para evitar que a coleção se transforme em um agrupamento desajustado de documentos. Para tanto, cabe ao bibliotecário responsável definir critérios e responsabilidades para a organização destes documentos. A Política de Seleção tem os seguintes objetivos: permite o crescimento racional e equilibrado do acervo nas áreas da Instituição; identificar elementos adequados à formação da coleção; determinar critérios para a duplicação de títulos; estabelecer prioridades de aquisição de material.

A formação do acervo deve ser constituída por uma Política de Aquisição que de acordo com seus recursos orçamentários, deve ser constituída de diferentes tipos de materiais, tais como: obras de referências, bibliografia, índices, livros, periódicos, folhetos, jornais e outros. Estes materiais devem: suprir os programas de ensino dos cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade Sumaré; dar apoio aos programas de pesquisa e extensão da Instituição; fornecer obras que elevem o nível de conhecimento geral e especifico de seus congregados.

Critérios de Seleção

A primeira grande subdivisão para estabelecer o critério de seleção é o assunto, ou seja, a temática do acervo. E é imprescindível que os critérios observem atentamente o assunto, os usuários, os documentos e o preço. Quanto a formação do acervo, o material bibliográfico e audiovisual deve ser rigorosamente selecionado, observando-se os seguintes critérios:

  1. Adequação do material aos objetos e nível educacionais da Instituição;
  2. Autoridade do autor e/ou editor;
  3. Edição atualizada;
  4. Escassez de material sobre o assunto na coleção da Biblioteca;
  5. Aparecimento do título em bibliografias, catálogos de editoras e índices;
  6. Qualidade técnica;
  7. Número de usuários potenciais que deverão utilizar o material;
  8. Reputação do publicador ou produtor;
  9. Preço acessível;
  10. Condição física do material.

Fontes para Seleção

Apesar de a seleção qualitativa ser de responsabilidade do corpo docente e coordenação, a descoberta de novos materiais constitui preocupação das Bibliotecas.

Serão utilizadas diversas fontes de informação, como bibliografias especializadas; catálogos, listas e propagandas diversas de editoras e livreiros; guias de literaturas geral e especializada; bem como sugestões de usuários.

Responsabilidade pela Seleção

Estabelecida a parceria entre Bibliotecário e corpo docente, cabe ao conjunto a responsabilidade pela seleção do material. Espera-se que os docentes contribuam decisivamente para a formação de uma seleção de boa qualidade, visto que são conhecedores da literatura, nas suas perspectivas áreas e possa assim, selecionar criteriosamente o material a ser adquirido.

Seleção Quantitativa

Literatura Básica

Material bibliográfico e indispensável para o desenvolvimento da disciplina e considerado de leitura obrigatório. O acervo é adquirido a partir de indicação das bibliografias básicas indicadas pelos seus docentes, coordenadores da graduação e pós-graduação, de acordo com a necessidade de cada disciplina. A quantidade de exemplares é seguida conforme recomendações dos órgãos oficiais de Educação e demanda de uso das obras.

Literatura complementar e/ou atualização

Fazem parte da literatura complementar os livros necessários à atualização de bibliografia, sejam eles para pesquisa e/ou conteúdo programático das disciplinas ministradas na Instituição, bem como para o desenvolvimento de atividades administrativas. Estes títulos serão adquiridos e estarão à disposição para consulta e empréstimo. A aquisição da quantidade dos exemplares será definida de acordo com a demanda.

Coleção de referência

Será dada atenção especial à aquisição de material de referência. Serão incluídos materiais, tais como dicionários gerais e especializados, guias e catálogos de teses. Será de competência da Biblioteca a seleção destes materiais, consultados especialistas no assunto ou área.

Periódicos

A cada 12 (doze) meses, a Biblioteca realizará uma avaliação da coleção de periódicos, tanto os fisicamente disponíveis, quanto os pertencentes a base de dados eletrônicos, com o objetivo de colher subsídios para tomada de decisão em relação a compra. As listagens dos títulos recém adquiridos serão enviadas para análise dos docentes, no sentido de se realizar o cancelamento de títulos que já não tenham as suas necessidades. Haverá a inclusão de novos títulos, necessários para o desenvolvimento do conteúdo programático e /ou atualização, bem como a manutenção dos títulos já adquiridos. Para esta analise deverão ser observados os seguintes critérios:

a) Inclusão: Títulos publicados na área e sem equivalente disponível da Biblioteca; títulos necessários em decorrência de alteração de currículo; títulos para implantação de novos cursos; e títulos necessários ao desenvolvimento de pesquisa, desde que esteja vinculada a Faculdade Sumaré;

b) Cancelamento: Quando um novo título for mais abrangente do que o já existente no acervo da Biblioteca; quando não mais existir interesse da comunidade acadêmica pelo título, por motivos devidamente justificados; e outros.

a) Inclusão: títulos publicados na área e sem equivalente disponível da Biblioteca; títulos necessários em decorrência de alteração de currículo; títulos para implantação de novos cursos; e títulos necessários ao desenvolvimento de pesquisa, desde que esteja vinculada à Faculdade Sumaré.

b) Cancelamento: quando um novo título for mais abrangente do que o já existente no acervo da Biblioteca; quando não mais existir interesse da comunidade acadêmica pelo título, por motivos devidamente justificados; e outros.

Jornais e revistas de caráter informativoA Biblioteca irá adquirir jornais de informações gerais (locais, estaduais e nacionais) e revistas de caráter informativo de âmbito nacional.

Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)Os trabalhos dos alunos da Faculdade Sumaré, que tem nota 9 e 10 são inseridos no sistema e mantidos na Biblioteca por 3(três) anos.

PRIORIDADES DE AQUISIÇÃO

A Biblioteca estabeleceu as seguintes prioridades para aquisição de materiais bibliográficos:

  1. Assinatura de Periódicos, conforme a indicação de docentes;
  2. Obras que sejam de interesse para outros cursos de graduação e pós-graduação;
  3. Obras para cursos em fase de reconhecimento, credenciamento, recredenciamento ou implantação;
  4. Desenvolvimento de pesquisas vinculadas a Faculdade Sumaré;
  5. Materiais para dar suporte técnico a outros setores da instituição.

Doações

Os materiais recebidos como doações são submetidos aos mesmos critérios do material adquirido. Não serão adicionados nos títulos e ou volumes ao acervo somente porque foram recebidos de forma gratuita. Quanto as doações recebidas, a Biblioteca poderá dispor das mesmas: Incorporando-as ao acervo; doando-as e ou permutando-as com outras instituições; ou descartando-as, para a seleção das obras doadas, serão consultados os especialistas no assunto, obedecendo aos critérios abaixo:

a) Livros: indicação do título em bibliografias e abstracts; condições físicas do material; língua em que está impresso; autoridade do autor, editor e do próprio tradutor, se for o caso, relevância do conteúdo para a comunidade universitária.

b) Periódicos: No caso da existência do título, serão aceitos periódicos a fim de complementar faltas e ou coleção no caso da não existência, será aceito somente aquele cujo conteúdo seja adequado aos interesses da comunidade universitária; indexação do título em índices abstracts; em bibliografias.

DESBASTAMENTO DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO E ESPECIAL

Havendo necessidade do desbastamento, que é o processo pelo qual se retira do acervo títulos e ou exemplares, parte de coleções, quer para remanejamento ou para descarte, a bibliotecária juntamente com o corpo docente fará a avaliação para tais medidas.

Em caso de remanejamento

Havendo necessidade de armazenar em depósito a matéria bibliográfico, com o objetivo de abrir espaço para materiais ficará organizado e a disposição da comunidade acadêmica quando solicitado. Critérios para se remanejar material bibliográfico:

 

  1. Coleções de periódicos com valor histórico;
  2. Títulos históricos e não utilizados durante 5(cinco) anos;
  3. Coleções de periódicos de compra encerrada e que tenham a possibilidade de ser reativados.

Em caso de descarte

Chamamos de descarte o processo no qual o material bibliográfico, após ser avaliado, é retirado da coleção ativa, para ser doado a outras Instituições ou eliminado do acervo, possibilitando a economia de espaço.

A Biblioteca adotará para descarte de livros os seguintes critérios

  1. : Inadequação: Obras cujo conteúdo não interessa a Instituição, as incorporadas ao acervo anteriormente sem uma seleção previa e/ ou escrita em idioma pouco acessível;
  2. Desatualização; este critério se aplica principalmente a obras cujo conteúdo já foi superado por novas edições. Entretanto, para aplicação deste critério, deve-se levar em consideração, principalmente, a área de conhecimento ao qual refere a obra;
  3. Condições físicas (sujas, infectadas, deterioradas ou rasgadas); após a análise do conteúdo e relevância da obra, está deverá ser recuperada se for considerada de valor e não disponível no mercado para substituição, com custo inferior ao da recuperação do material, será feita a aquisição e o material descartado.

Para o descarte de periódicos, a Biblioteca adotará os seguintes critérios

  1. Coleções não correntes que não apresentem demanda:
  2. Periódicos de divulgação geral e/ou de interesse temporário;
  3. Periódicos recebidos em duplicata;
  4. Coleção de Periódicos de caráter não cientifico.

Requisição de material

Em caso de extravio ou inutilização de obras, o usuário deve comunicar a Biblioteca imediatamente, para que faça a Reposição de Material, caso contrário, está sujeito à suspensão diária enquanto não comunicar o fato a Biblioteca. O usuário que ficar com débito, será obrigado a repor uma obra idêntica. Se a obra estiver esgotada, o usuário devera repor com outra obra no mesmo valor correspondente, indicado e aprovado pelo Bibliotecário Responsável, que usará os mesmos critérios de seleção e aquisição de obras para aprovar ou reprovar, mesmo em caso de roubo e apresentação do Boletim de Ocorrência (BO), o aluno deve pagar ou substituir o material pois o mesmo estava sob sua responsabilidade.

AVALIAÇÃO DA COLEÇÃO

A avaliação sistemática da coleção deve ser entendida como o processo utilizado para se determinar o valor e a adequação da coleção, em função dos objetivos das Bibliotecas e da própria Faculdade Sumaré possibilitando traçar diretrizes quanto a aquisição, a acessibilidade e ao descarte.

A Biblioteca deverá proceder a avaliação do seu acervo uma vez a cada 5(cinco) anos, sendo empregados métodos quantitativos e qualitativos, cujo resultados serão comparados e analisados, assegurando o alcance dos objetivos da avaliação da coleção, na avaliação do acervo serão utilizados os seguintes critérios:

Distribuição percentual do acervo por área

Com nove Bibliotecas, faz-se necessária a divisão de recursos entre as mesmas, através de estatísticas, serão estabelecidos os percentuais de materiais existentes nas áreas de atuação da Faculdade Sumaré e comparados com os cursos oferecidos e pesquisas desenvolvidas. A análise das estatísticas de uso do material permitirá a determinação dos títulos que requere, múltiplas cópias e daquela cuja duplicação é desnecessária.

Por outro lado, se for comprovada subutilização dos recursos bibliográficos em alguma área, a Biblioteca deverá investigar as causas do problema, tais como:

Falta de qualidade do material existente, desatualização, ausência de interesse, inexistência dessa área de estudo na Faculdade Sumaré, desconhecimento da existência da obra, etc.

A análise dos resultados demonstrará quais os cursos que deverão ter sua coleção implementada (seja em exemplares, títulos, material em português, etc.) e quais áreas de pesquisa desprovidas de Material Bibliográfico e especial que carecem de providências.

Sugestões dos Usuários

A sugestão do usuário é um parâmetro seguro para avaliar as coleções e, consequentemente, verifica se a coleção satisfaz aos usuários; determina os tipos e níveis de necessidade em relações; e verifica as mudanças de interesse por parte da comunidade universitária.

Web Design MymensinghPremium WordPress ThemesWeb Development

Saiu Lista de Espera do Prouni 2015

27/07/201527/07/2015
Confira a lista de espera dos candidatos a uma bolsa de estudo integral pelo Prouni.

Vagas Remanescentes

15/07/201515/07/2015
news-vagas-remanescentesA Sumaré oferece 50% de desconto no valor da matrícula e também nas mensalidades do primeiro semestre do curso, nas vagas remanescentes. Comece a estudar ainda em agosto.

Retorno e Início das Aulas | Alunos Veteranos e Calouros

15/07/2015
news-volta-aulaALUNOS CALOUROS - INÍCIO DAS AULAS.

Calouros matriculados nos Horários Regulares24 de agosto;
Calouros do Horário Especial (NM): 21 de agosto.

Exceto calouros das turmas a seguir tiveram as aulas antecipadas para o dia 03 de agosto, veja:

Belém
Logística, horário N2.

Bom Retiro
Marketing, horário N1.
RH, horário N2.
Gestão Financeira, horário N2.

Santana
Gestão Financeira, horário N1.
Marketing, horário N2.

Santo Amaro
Logística, horário N2.
Eventos, horário N2.
Marketing, horário N1.
Gestão da Tecnologia da Informação, horário M1.

Sumaré
Logística, horário N2.
Redes de Computadores, horário M2.

ALUNOS VETERANOS - RETORNO ÀS AULAS.
As aulas dos alunos veteranos matriculados nos Horários Regulares terão início no dia 03 de agosto de 2015. Os estudantes do Horário Especial retornam às aulas no dia 1º de agosto de 2015.

Confira o Calendário Escolar do segundo semestre de 2015, disponível no ambiente Aluno Online e também aqui no portal.