Bolsas de Estudo



  • Diminuir fonte
  • Sumentar fonte
  • Imprimir

Ler e Escrever - TOF

O que é?

O Programa Ler e Escrever da Prefeitura da Cidade de São Paulo tem por objetivo desenvolver as competências de leitura e escrita dos alunos do Ensino Fundamental, com ênfase maior nos dois primeiros anos de escolaridade.

Está organizado em três etapas:

-          Toda Força ao 1º Ano (TOF);

-          Projeto Intensivo no Ciclo I (PIC); e

-          Ler e Escrever em Todas as Áreas no Ciclo II.

 

O TOF (Toda Força ao 1º ano) prevê a presença de um aluno pesquisador, estudante universitário de Letras ou Pedagogia,  que acompanha e auxilia o trabalho do professor do 1º ano. Esse aluno tem como atribuições contribuir na elaboração de diagnósticos pedagógicos dos alunos, no planejamento de atividades complementares de leitura e escrita, na execução de atividades didáticas, sempre em parceria com o professor regente da sala de aula.

 

Quem pode participar?

Alunos dos cursos de Pedagogia e Letras, a partir do 2º semestre. Não podem participar alunos do último semestre de curso (se o aluno ainda estiver com o contrato vigente ele poderá continuar atuando).

 

Contrapartida

Disponibilidade de 4 (quatro) horas diárias, de segunda à sexta-feira, para atuar como auxiliar do professor regente, colaborando na alfabetização dos alunos das escolas públicas municipais;

- Disponibilidade para participar de duas reuniões presenciais por mês (cada uma com duas horas de duração) com um Professor Orientador, na Faculdade;

- Disponibilidade para realizar as atividades de EAD disponibilizadas pelo Professor Orientador no Moodle TOF.

 

Observações importantes:

Duas faltas consecutivas, justificadas ou não, nas reuniões de orientação, implicam no desligamento do Programa (Atividades no ambiente virtual são computadas como faltas) e o aluno voltará para a condição de aluno pagante.

 

Benefício

Hoje: R$ 484,32 + R$ 132,00 de ajuda de custo para o transporte.

Com o valor recebido, o aluno fica responsável pelo pagamento da mensalidade da Faculdade.

Os valores são depositados no dia 15 de cada mês, em uma Conta do Banco Bradesco. As faltas cometidas são descontadas do valor.

 

Quais são os primeiros passos para quem quer ingressar no TOF?

  • Cadastrar-se no site do CIEE;
  • Realizar, pelo site, a inscrição para a prova de ingresso;
  • Realizar, no próprio CIEE, a prova na data e horário agendados;
  • Se aprovado (o aviso é enviado por e-mail), procurar pela pessoa responsável pelo Programa na Unidade de Curso, para saber sobre as vagas disponíveis e receber as orientações para a efetivação do contrato.

 

Perguntas frequentes

1. Qual é a vigência do contrato?

Um ano, prorrogável por, no máximo, mais um ano. Após dois anos de atuação no TOF, o aluno tem que deixar o Programa. Se o aluno já tiver participado de outro Projeto do CIEE, o tempo dos dois Projetos é somado, perfazendo, no máximo, dois anos. O contrato precisa ser renovado após um ano, mas não há interrupção nos pagamentos.

 

2. O aluno pesquisador tem direito a férias?

Após 11 meses de trabalho, o aluno adquire o direito de gozar de 1 mês de férias. Mesmo estando de férias na escola, o aluno deve continuar frequentando as reuniões de Orientação presenciais e realizando as atividades de EAD no ambiente virtual.

 

3. Após o término do Contrato com o TOF  o aluno pode participar do BEPA?

Após completar dois anos de estágio no TOF, o aluno pode se inscrever para o BEPA, mesmo já tendo participado no 1º semestre de curso. O aluno pode desistir de um dos Programas e se inscrever no outro (desde que comunique oficialmente sua desistência). A troca de Programas deve ser feita sempre no final do ano letivo para que as atividades desenvolvidas não sejam descontinuadas.

 

4. O que pode levar o aluno ao desligamento do Programa?

O desligamento pode ser solicitado pelo aluno pesquisador, pelo Professor Orientador (pelo não cumprimento das obrigações) ou pelo Diretor da Escola (por não cumprimento das obrigações, faltas, mau desempenho, atitudes e vestimentas inadequadas etc).

 

Quem são os Professores Orientadores?

Unidade Sumaré: Professora Maria Elena Roman de Oliveira Toledo - maria.roman@sumare.edu.br

Unidade Santo Amaro: - período matutino: Professora Maria Elena Roman de Oliveira Toledo - maria.roman@sumare.edu.br ou período noturno: Professora Fernanda Matuda - fernanda.matuda@sumare.edu.br

Unidade Imirim: Professora Carla Ferrari - carla.ferrari@sumare.edu.br

Unidade Tatuapé I: Professora Zilá Moura - zilah.moura@sumare.edu.br